TAP é a quarta companhia "mais amada" do mundo

Entre 70 companhias aéreas, a portuguesa é uma das que mais comentários positivos receberam dos passageiros nas redes sociais

A TAP é a quarta companhia aérea "mais amada" do mundo nas redes sociais, de acordo com um estudo realizado nos EUA que analisou 1,3 milhões de tweets durante o período entre o Dia de Ação de Graças e o Natal, a época mais stressante do ano para viajar de avião. À frente da TAP, na alçada de um consórcio privado de que fazem parte a empresa Azul, liderada pelo norte--americano nascido no Brasil David Neeleman e pelo grupo HPGB, representado pelo empresário português Humberto Pedrosa, estão apenas a Korean Airlines, a companhia de charters canadiana Air North e a low-cost alemã TUIfly.

O ranking das companhias aéreas "menos amadas" pelos passageiros é liderado precisamente por três empresas dos EUA - Spirit Airlines, Frontier Airlines e American Airlines. "As companhias norte--americanas estiveram, nos últimos anos, a dormir no que diz respeito à qualidade do serviço. Isto numa altura em que os lucros batem recordes." O estudo, cujas conclusões foram agora publicadas pela revista norte-americana Fortune, foi realizado pela agência de marketing Fractl a partir de amostragens dos diálogos eletrónicos entre os clientes e as companhias.

A análise, que avaliou a capacidade de resposta de um total de 70 companhias aéreas de todo o mundo, foi feita através de um "algoritmo sentimental", que mede o grau de satisfação dos passageiros, através de palavras com conotações positivas ou negativas trocadas nas redes sociais.

Por exemplo, o conforto - ou a falta dele - é uma das grandes preocupações dos passageiros e a palavra "lugar" aparece 5286 vezes nos tweets. A TAP tem mais de 900 mil seguidores no Facebook, no Twitter conta com mais de 30 mil fãs, enquanto no Instagram o número de fãs da companhia aérea portuguesa já ultrapassou os 65 mil e no LinkedIn os 40 mil.

Exclusivos