Santander multado em 26 milhões dólares por práticas predatórias crédito

Em causa está o envolvimento em práticas predatórias na concessão de crédito automóvel e emissão de obrigações nos EUA

O banco Santander vai pagar 26 milhões de dólares (24 milhões de euros) para encerrar processos judiciais por envolvimento em práticas predatórias na concessão de crédito automóvel e emissão de obrigações nos Estados norte-americanos do Massachusetts e Delaware.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG