Salsa com salero. Espanha será maior mercado em dois anos

De uma garagem a multinacional, a Salsa está hoje em 35 países, exportando 60% da produção. Espanha é a grande aposta para crescer.

Joaquim Carneiro ainda se lembra do tempo em que a semente do que mais tarde veio a ser Salsa nasceu numa pequena garagem em Vila Nova de Famalicão. "Era mais ali, por aquelas bandas", aponta com o dedo o responsável da área de indústria. "Vim para cá quando nasceu o meu filho. Já está formado", conta o funcionário n.o 29 da empresa Irmãos Vila Nova. Hoje, a companhia liderada por Filipe Vila Nova, é uma multinacional com 1150 trabalhadores, presença em 35 países e que fechou no ano passado com vendas a rondar os 200 milhões. E querem abrir mais 11 lojas Salsa neste ano, a maioria em Espanha, mercado que em dois anos, acreditam, vai superar Portugal. O objetivo é crescer as vendas em mais 5%.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG