Quase quatro mil desempregados viram subsídio anulado em 2018

Relatório revela que a maioria das anulações ocorreu devido à falta de comparência dos desempregados às convocatórias dos centros de emprego.

Em 2018, a anulação de subsídios a desempregados que não cumpriram as obrigações previstas na lei disparou 67,4% face ao ano anterior, avança o Público. De acordo com o relatório de atividades de 2018 da Comissão de Recursos do Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP), a que o diário teve acesso, os centros de emprego cortaram os subsídios a 3932 desempregados.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Exclusivos