Presidente do Turismo do Norte volta ao TIC por alegada viciação de contratos

Em causa estarão ajustes diretos realizados nos últimos dois a três anos, que somados ultrapassam os cinco milhões de euros.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG