Offshores. Rainha de Inglaterra apanhada nos novos Paradise Papers

Offshores e fuga ao fisco. Investigação do ICIJ menciona Apple, Nike, Uber, dezenas de consultores de Trump, um genro de Putin, um amigo de Trudeau.

Milhões de libras das contas pessoais de Isabel II foram investidos num fundo das ilhas Caimão e transacionadas através de uma empresa acusada de explorar pessoas em dificuldades económicas. A informação consta da mais recente investigação do Consórcio Internacional de Jornalistas de Investigação (CIJI), designada Paradise Papers, que está a ser divulgada este domingo e avançada pelo DN.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Exclusivos

Premium

Ferreira Fernandes

A angústia de um espanhol no momento do referendo

Fernando Rosales, vou começar a inventá-lo, nasceu em Saucelle, numa margem do rio Douro. Se fosse na outra, seria português. Assim, é espanhol. Prossigo a invenção, verdadeira: era garoto, os seus pais levaram-no de férias a Barcelona. Foram ver um parque. Logo ficou com um daqueles nomes que se transformam no trenó Rosebud das nossas vidas: Parque Güell. Na verdade, saberia só mais tarde, era Barcelona, toda ela.