OCDE: preço das casas sufoca classe média

As famílias portuguesas da classe média são das que na OCDE gastam mais do que o que ganham. Organização sugere habitação a preços acessíveis.

A despesa das famílias portuguesas com a casa foi das que mais aumentou entre 1995 e 2015 entre os países membros da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económicos (OCDE). Em 20 anos, os gastos passaram de 18% do orçamento familiar para 21,2%. Esta evolução é explicada pelo aumento dos preços das casas que subiram mais do que o rendimento das famílias e do que a inflação.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG