O amor está no ar. Portugueses nunca gostaram tanto do euro

Relação entre os portugueses e a moeda única está no melhor momento de sempre. Pior altura foi quando país teve de pedir resgate e desemprego disparou

A taxa de aprovação dos portugueses em relação à União Económica e Monetária e ao euro propriamente dito é a mais elevada desde que a moeda única entrou em circulação, em 2002.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG