Mudou-se para o estrangeiro? Mude também a morada no Cartão do Cidadão

Para o bem ou para o mal, a morada que consta no Carão do Cidadão é considerada a morada fiscal. Quem vai para fora mais de 6 meses deve alterá-la.

A morada que está associada ao Cartão do Cidadão ganhou peso a partir do momento que passou, de forma automática, a ser assumida pela Autoridade Tributária e Aduaneira como a morada fiscal do contribuinte. É por isso cada vez mais relevante que ambas coincidam, mas o assunto é ainda mais importante quando alguém muda para o estrangeiro para trabalhar e pretende ficar fora mais de seis meses, porque há o risco de se ser tributado nos dois países.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG