Mello Saúde investe 15 milhões em nova clínica em Almada

Grupo comprou edifício do Instituto de Cardiologia Preventiva e vai contratar 150 profissionais para abrir unidade até ao fim do ano. Investimento em 2016 próximo dos 250 milhões

Novos hospitais CUF Viseu e Tejo (Alcântara), expansão das Descobertas (Parque das Nações), Cascais e Torres Vedras, nova clínica em São João da Madeira e agora mais uma a nascer em Almada. Só neste ano, entre a abertura e o melhoramento de unidades de saúde, o investimento do grupo José de Mello já está próximo dos 250 milhões de euros. A mais recente, que será anunciada nesta semana, é uma nova clínica CUF em Almada, que implicará a contratação de mais de 150 profissionais - entre médicos, enfermeiros, auxiliares, técnicos e administrativos - e resulta de um investimento de 15 milhões de euros.

A chegada da CUF a Almada "demonstra a vontade da José de Mello Saúde de prosseguir com a sua estratégia de desenvolvimento, que tem como objetivo estar cada vez mais próxima das populações", explicou ao DN o presidente do grupo, Salvador de Mello. O objetivo assumido é o de "facilitar o acesso a cuidados de saúde de excelência assentes numa rede com uma experiência de mais de 70 anos", acrescenta o empresário.

Com esta unidade, que começa a funcionar ainda neste ano, o grupo alarga a oferta da rede na região da grande Lisboa, garantindo a integração da CUF Almada na rede nacional de unidades de saúde do grupo - em que merecem destaque o hospital em Viseu, que abriu neste verão e representou um investimento de 26 milhões, e a CUF Tejo, cujas obras já arrancaram (a abertura está prevista para 2018), com o financiamento a crescer 50%, para 150 milhões de euros. Entre hospitais, clínicas e um instituto, o grupo conta já com 15 unidades no país, duas delas em parceria público-privada (ver texto ao lado), e emprega cerca de oito mil colaboradores.

A José de Mello Saúde prossegue, assim, a estratégia de expansão no território nacional anunciada há um ano, tendo mesmo ultrapassado o valor do investimento anunciado em 50 milhões, depois de ver os resultados semestrais crescer 1,1%, para 12,7 milhões de euros. Evolução positiva que o grupo justificou com o "crescimento generalizado da atividade conjugado com as melhorias alcançadas na eficiência da operação".

Bloco operatório chega em 2017

Para instalar a nova clínica, a José de Mello Saúde comprou o edifício do antigo Instituto de Cardiologia Preventiva de Almada, no Monte de Caparica. A CUF Almada "será dotada da mais moderna tecnologia para diagnóstico e tratamento" e irá funcionar em estreita articulação com o Hospital CUF Infante Santo, em Lisboa. Com uma área clínica de 4200 metros quadrados e cem lugares de estacionamento, contará com uma oferta alargada em regime de ambulatório e consultas de todas as especialidades médicas e cirúrgicas (incluindo medicina geral e familiar, oftalmologia, ortopedia, dermatologia, otorrinolaringologia, pediatria, ginecologia-obstetrícia, urologia), exames complementares de diagnóstico, atendimento permanente de adultos e de crianças das 08.00 às 24.00.

No próximo ano, além da abertura do bloco operatório, até junho, a clínica prevê abrir unidades de imagiologia (ressonância magnética, mamografia, TAC, ecografia, RX) e exames especiais (gastrenterologia, ginecologia e urologia).

Exclusivos