Lloyds vai vender edifício-sede em Londres aos chineses para passar a inquilino

Liderado pelo português Horta Osório, o banco prepara a venda do edifício-sede, em Londres, a compradores chineses que aproveitam a quebra da libra.

O Lloyds Banking Group, liderado pelo português Horta Osório, está a preparar a venda do edifício-sede, em Londres, a compradores chineses que têm aproveitado a quebra da libra para adquirir imobiliário na cidade. O plano será manter a morada, no número 25 da Gresham Street, ficando o banco como inquilino do futuro proprietário.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG