Lesados do BES vão ter direito a isenção fiscal

Será constituído um veículo privado com uma garantia do Estado que poderá chegar aos 286 milhões de euros se todos os lesados aderirem à solução

Os investidores não qualificadores em papel comercial do Grupo Espírito Santo (GES) vão beneficiar de uma isenção do IRS sobre o montante do capital investido que vai ser recuperado. A solução será concretizada através de uma alteração ao código do IRS e que consta do anteprojeto lei para o mecanismo de indemnização e que prevê a recuperação entre 50% e 75% do capital investido. O documento deverá estar pronto na próxima semana.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG