IRS automático acelera reembolsos e agrava défice público até abril

Despesa já reflete o ressurgimento do investimento público (disparou 12,4% até abril) e a contratação de profissionais de saúde (médicos e enfermeiros).

O défice público dos primeiro quatro meses deste ano aumentou quase 20% face a igual período do ano passado porque a máquina fiscal está a devolver impostos (reembolsos) mais rapidamente, designadamente no IRS, que agora é apurado automaticamente, e no IVA.

O défice orçamental das administrações públicas, em contabilidade pública, subiu para 1.931 milhões de euros nos primeiros quatro meses do ano, piorando 314 milhões face ao mesmo período do ano passado.

Segundo o comunicado enviado pela tutela, o défice orçamental até abril aumentou 314 milhões de euros, o que se deveu essencialmente ao aumento de 530 milhões de euros do valor dos reembolsos dos vários impostos, em particular do IRS e do IVA.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG