iPhonecalipse: maior queda de sempre nas vendas da Apple

Sem divulgar o número em unidades, a Apple reportou um tombo de 15% nas receitas do iPhone, uma quebra sem precedentes na história do smartphone

O dia mais temido entre investidores e fãs da Apple chegou, depois de um aviso à navegação de que as receitas do trimestre natalício ficariam aquém das previsões. Naquela que é já a pior apresentação de resultados desde que o iPhone foi lançado, em 2007, a Apple reportou uma quebra sem precedentes de 15% nas receitas do smartphone. Nunca tinha sucedido tal coisa, ainda por cima no trimestre mais importante do ano, entre outubro e dezembro.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Exclusivos