WhatsApp passa a ser completamente gratuito

A aplicação é neste momento a segunda mais utilizada em todo o planeta, atrás da do Facebook

O serviço de mensagens instantâneas WhatsApp vai passar a ser completamente gratuito. Quase a atingir o marco dos mil milhões de utilizadores, a empresa comprada em 2014 pelo Facebook decidiu deixar de cobrar a taxa anual de subscrição de um dólar por ano (89 cêntimos em Portugal) - cobrada depois de um primeiro ano gratuito.

O anúncio foi feito esta segunda-feira pelo fundador da empresa, numa conferência em Munique. Jan Koum reconheceu que o esquema de assinatura "não funciona assim tão bem".

Até agora o WhatsApp era gratuito para todos os utilizadores durante o primeiro ano de uso. A partir do segundo ano, tinha um custo anual de 89 cêntimos, mas alguns utilizadores nunca pagaram nada, devido a sucessivas promoções.

A aplicação é neste momento a segunda mais utilizada em todo o planeta, atrás da do Facebook, se não se contabilizar as aplicações que Google e Apple põem nos telemóveis por defeito.

Ler mais

Exclusivos