Vêm aí os Planos de Poupança Florestal com bónus no IRS

O governo vai avançar com um conjunto de medidas fiscais para incentivar o investimento na floresta onde se incluem Planos de Poupança Florestal .

Ao longo de 2019 vai ser criado um novo instrumento financeiro que visa promover o investimento na floresta. Trata-se dos Planos de Poupança Florestal (PPF) )que serão acompanhados por um benefício fiscal.

Estes PPF serão regulamentados no âmbito do Programa para Estímulo ao Financiamento da Floresta (previsto na resolução do Conselho de Ministros aprovada em 27 de outubro do ano passado) e quem os subscrever terá um benefício fiscal em sede de IRS, à semelhança do que atualmente acontece com os PPR e com os chamados PPR do Estado.

Neste caso prevê-se que 30% das aplicações de dinheiro nestes Fundos de Poupança Florestal abatam ao IRS até ao limite de 450 euros por contribuinte.

Lucília Tiago é jornalista do Dinheiro Vivo

Ler mais

Premium

Henrique Burnay

Isabel Moreira ou Churchill

Numa das muitas histórias que lhe são atribuídas, sem serem necessariamente verdadeiras, em resposta a um jovem deputado que, apontando para a bancada dos Trabalhistas, perguntou se era ali que se sentavam os seus inimigos, Churchill teria dito que não: "Ali sentam-se os nossos adversários, os nossos inimigos sentam-se aqui (do mesmo lado)." Verdadeira ou não, a história tem uma piada e duas lições. Depois de ler o que publicou no Expresso na semana passada, é evidente que a deputada Isabel Moreira não se teria rido de uma, nem percebido as outras duas.