Vai voltar ao mercado regulado de eletricidade? ERSE dita as regras

Os comercializadores devem então informar os seus clientes se vão praticar, ou não, "condições de preço regulado", já que não são obrigados a fazê-lo.

Depois de o Governo ter publicado em novembro a portaria que permite aos consumidores em baixa tensão normal (domésticos e pequenos negócios) regressarem ao mercado regulado de eletricidade até ao final de 2020, a Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos publicou hoje as regras que irão balizar este regresso “opcional” às tarifas estabelecidas anualmente pela ERSE.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Ler mais

Premium

Anselmo Borges

"Likai-vos" uns aos outros

Quem nunca assistiu, num restaurante, por exemplo, a esta cena de estátuas: o pai a dedar num smartphone, a mãe a dedar noutro smartphone e cada um dos filhos pequenos a fazer o mesmo, eventualmente até a mandar mensagens uns aos outros? É nisto que estamos... Por isso, fiquei muito contente quando, há dias, num jantar em casa de um casal amigo, reparei que, à mesa, está proibido o dedar, porque aí não há telemóvel; às refeições, os miúdos adolescentes falam e contam histórias e estórias, e desabafam, e os pais riem-se com eles, e vão dizendo o que pode ser sumamente útil para a vida de todos... Se há visitas de outros miúdos, são avisados... de que ali os telemóveis ficam à distância...