Siza Vieira: Os portugueses não querem voltar a ter um défice excessivo

O ministro da Economia alerta que a medida aprovada no Parlamento terá impactos orçamentais negativos no futuro.

A medida aprovada ontem no Parlamento, relativa às carreiras dos professores, “é socialmente injusta” e acarreta impactos orçamentais negativos, pelo que devem ser os portugueses a decidir, em eleições, se a querem efetivamente implementar, disse o ministro da Economia.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Exclusivos