Singellus. Homenagem a Belmiro de Azevedo em forma de vinho

Das novas referências que chegam ao mercado, destaque para os Singellus Private, com os rótulos assinados e com uma citação do industrial nortenho

A Realejo, empresa do universo Efanor, a holding pessoal da família de Belmiro de Azevedo, apresenta esta quarta-feira, no Porto, os vinhos Singellus, a nova referência de monovarietais da empresa, desenvolvidos pelo enólogo Anselmo Mendes. Um evento escolhido para fevereiro, a poucos dias da data em que Belmiro de Azevedo faria anos, como forma de homenagem ao mentor do projeto.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Exclusivos

Premium

Leonídio Paulo Ferreira

Nuclear: quem tem, quem deixou de ter e quem quer

Guerrilha comunista na Grécia, bloqueio soviético de Berlim Ocidental ou Guerra da Coreia são alguns dos acontecimentos possíveis para datar o início da Guerra Fria, que alguns até fazem remontar à partilha da Europa em esferas de influência por Churchill e Estaline ainda o nazismo não tinha sido derrotado. Mas talvez 29 de agosto de 1949, faz agora 70 anos, seja a melhor opção, afinal nesse dia a União Soviética fez explodir a sua primeira bomba atómica e o monopólio da arma pelos Estados Unidos desapareceu. Sim, foi o teste em Semipalatinsk que estabeleceu o tal equilíbrio do terror, primeiro atómico e depois nuclear, que obrigou as duas superpotências a desistirem de uma Guerra Quente.