Sabia que a Samsung já exportou peixe? O que vendiam 6 multinacionais quando nasceram

Se lhe perguntarem o que vende a Samsung, a resposta será óbvia. Smartphones, televisores. Mas se lhe dissessem que já vendeu peixe? Provavelmente duvidaria. Mas não se deixe levar pelas aparências.

Na verdade, a Samsung, criada em 1938 pelo coreano Byung-Chull Lee, começou por exportar fruta, vegetais e peixe seco. Uma década depois, a empresa possuía moinhos próprios, máquinas de confeitaria e tinha vendas próprias. A ascensão para o título a gigante tecnológico teve início em 1969, quando se fundiu com a Sanyo Electronics.Não é caso único. A Peugeut, Opel, Suzuki, Nokia e a espanhola Orbea também começaram com atividades singulares, revela o jornal espanhol Expansión.

Ler mais

Exclusivos

Premium

nuno camarneiro

Uma aldeia no centro da cidade

Os vizinhos conhecem-se pelos nomes, cultivam hortas e jardins comunitários, trocam móveis a que já não dão uso, organizam almoços, jogos de futebol e até magustos, como aconteceu no sábado passado. Não estou a descrever uma aldeia do Minho ou da Beira Baixa, tampouco uma comunidade hippie perdida na serra da Lousã, tudo isto acontece em plena Lisboa, numa rua com escadinhas que pertence ao Bairro dos Anjos.

Premium

Rui Pedro Tendinha

O João. Outra vez, o João Salaviza...

Foi neste fim de semana. Um fim de semana em que o cinema português foi notícia e ninguém reparou. Entre ex-presidentes de futebol a serem presos e desmentidos de fake news, parece que a vitória de Chuva É Cantoria na Aldeia dos Mortos, de Renée Nader Messora e João Salaviza, no Festival do Rio, e o anúncio da nomeação de Diamantino, de Daniel Schmidt e Gabriel Abrantes, nos European Film Awards, não deixou o espaço mediático curioso.