Rio Douro com 1,2 milhões de turistas em 2017

A Administração dos Portos do Douro, Leixões e Viana do Castelo informou que o crescimento de 35% face a 2016 "supera todas as expectativas"

A Via Navegável do Douro registou um recorde de passageiros em 2017, contabilizando cerca de 1,2 milhões de turistas nas embarcações que cruzam este rio, anunciou esta terça-feira a entidade gestora.

A Administração dos Portos do Douro, Leixões e Viana do Castelo (APDL) informou, em comunicado, que o crescimento de 35% face a 2016 "supera todas as expectativas". A APDL previa fechar o ano passado com um milhão de passageiros.

Desde 2015, ano em que a gestão da Via Navegável do Douro passou para a APDL, o transporte de passageiros neste canal registou "um incremento de 78%, ou seja, mais 560.999 turistas".

A administração dos portos adiantou que quer continuar a "potenciar o tráfego de passageiros marítimo-fluvial" e espera que, em 2019, se ultrapasse a barreira dos 1,3 milhões.

Segundo a entidade, o transporte de mercadorias também registou um aumento exponencial em 2017, com cerca de 52 mil toneladas de carga movimentada, o que representa um aumento de 66% face ao ano anterior.

A principal mercadoria transportada na Via Navegável do Douro foi o granito, proveniente dos portos comerciais da Várzea e Sardoura, para exportação com destino, maioritariamente, aos Países Baixos, Alemanha e Suécia.

No ano passado, cruzaram o Douro 149 embarcações, de 61 operadores, com turistas provenientes, maioritariamente, do Reino Unido, Alemanha e França, que optaram por viajar em pequenas embarcações, cruzeiros de um dia ou barcos-hotéis, e por programas que vão desde uma hora até uma semana.

A Via Navegável do Douro, que vai desde Barca de Alva até ao Porto, abriu em toda a extensão em 1990.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Daniel Deusdado

Estou a torcer por Rio apesar do teimoso Rui

Meu Deus, eu, de esquerda, e só me faltava esta: sofrer pelo PSD... É um problema que se agrava. Antigamente confrontava-me com a fria ministra das Finanças, Manuela Ferreira Leite, e agora vejo a clarividente e humana comentadora Manuela Ferreira Leite... Pacheco Pereira, um herói na cruzada anti-Sócrates, a voz mais clarividente sobre a tragédia da troika passista... tornou-se uma bússola! Quanto não desejei que Rangel tivesse ganho a Passos naquele congresso trágico para o país?!... Pudesse eu escolher para líder a seguir a Rio, apostava tudo em Moreira da Silva ou José Eduardo Martins... O PSD tomou conta dos meus pesadelos! Precisarei de ajuda...?

Premium

arménios na síria

Escapar à Síria para voltar à Arménia de onde os avós fugiram

Em 1915, no Império Otomano, tiveram início os acontecimentos que ficariam conhecidos como o genocídio arménio. Ainda hoje as duas nações continuam de costas voltadas, em grande parte porque a Turquia não reconhece que tenha havido uma matança sistemática. Muitas famílias procuraram então refúgio na Síria. Agora, devido à guerra civil que começou em 2011, os netos daqueles que fugiram voltam a deixar tudo para trás.