Banco de Portugal condena Ricardo Salgado a pagar 4 milhões

Ricardo Salgado foi condenado pelo Banco de Portugal, mas pode recorrer

O antigo presidente do BES Ricardo Salgado foi condenado pelo Banco de Portugal (BdP) a pagar uma multa de 4 milhões de euros, além de ficar inibido de exercer qualquer cargo ou atividade no sector financeiro nos próximos 10 anos.

A notícia é avançada pelo semanário Expresso, que diz que a decisão resulta da investigação do Banco de Portugal (BdP) sobre a colocação em larga escala de dívida (papel comercial) da Espírito Santo International junto de clientes do BES e da gestora de ativos do grupo, a ESAF.

Segundo o Expresso, Salgado leva a pena mais pesada no processo de contraordenação instaurado pelo supervisor a 15 administradores do banco, sendo condenado por cinco ilícitos: não implementação de um sistema de informação e comunicação, com dolo; não implementação de um sistema de gestão de risco sólido e eficaz, com dolo; prática de atos dolosos de gestão ruinosa; prestação de falsas informações; e violação das regras sobre conflito de interesses.

Ricardo Salgado ainda pode tentar reverter a condenação, já que as condenações do BdP são passíveis de recurso.

Ler mais

Exclusivos