Reformados contra proposta do Governo de acabar com reforma obrigatória aos 70

A confederação de reformados MURPI contra a intenção do Governo de alterar a lei que obriga os funcionários públicos a aposentarem-se aos 70 anos

A confederação de reformados MURPI manifestou-se hoje contra a intenção do Governo de alterar a lei que obriga os funcionários públicos a aposentarem-se aos 70 anos, considerando que o objetivo da medida é “aumentar a idade da reforma”.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Ler mais

Exclusivos