Protesto contra portagens continuam em maio

Está agendada para 26 de maio uma caravana de protesto com destino à residência oficial do primeiro-ministro

Os protestos contra as portagens na A23 e A25 vão continuar em maio, decisão tomada ontem após a realização de uma marcha lenta e buzinão, que contou com a participação de mais de 200 viaturas, entre ligeiros e pesados. Segundo Luís Veiga, empresário da Beira Interior e presidente do movimento Empresários pela Subsistência do Interior, ficou agendado para 11 de maio uma nova marcha lenta, desta vez com epicentro na Guarda e, para 26 desse mês, uma caravana de protesto cujo destino será a residência oficial do primeiro-ministro, António Costa.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Ler mais

Exclusivos

Premium

João Gobern

País com poetas

Há muito para elogiar nos que, sem perspectivas de lucro imediato, de retorno garantido, de negócio fácil, sabem aproveitar - e reciclar - o património acumulado noutras eras. Ora, numa fase em que a Poesia se reergue, muitas vezes por vias "alternativas", de esquecimentos e atropelos, merece inteiro destaque a iniciativa da editora Valentim de Carvalho, que decidiu regressar, em edições "revistas e aumentadas", ao seu magnífico espólio de gravações de poetas. Originalmente, na colecção publicada entre 1959 e 1975, o desafio era grande - cabia aos autores a responsabilidade de dizerem as suas próprias criações, acabando por personalizá-las ainda mais, injectando sangue próprio às palavras que já antes tinham posto ao nosso dispor.