Protesto contra portagens continuam em maio

Está agendada para 26 de maio uma caravana de protesto com destino à residência oficial do primeiro-ministro

Os protestos contra as portagens na A23 e A25 vão continuar em maio, decisão tomada ontem após a realização de uma marcha lenta e buzinão, que contou com a participação de mais de 200 viaturas, entre ligeiros e pesados. Segundo Luís Veiga, empresário da Beira Interior e presidente do movimento Empresários pela Subsistência do Interior, ficou agendado para 11 de maio uma nova marcha lenta, desta vez com epicentro na Guarda e, para 26 desse mês, uma caravana de protesto cujo destino será a residência oficial do primeiro-ministro, António Costa.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Ler mais

Exclusivos