Presidente da CP admite reparar comboios fora de Portugal

Carlos Gomes Nogueira afirma que reparação no estrangeiro é a forma mais rápida de diminuir problemas com material circulante.

A CP – Comboios de Portugal admite pedir para reparar comboios fora do país. O cenário foi levantado esta quarta-feira pelo presidente da empresa, Carlos Gomes Nogueira, durante uma conferência sobre transportes públicos, no Parlamento. O responsável pediu também um “reforço significativo” da capacidade da EMEF, a sucursal da CP que repara o material circulante da empresa e que tem sofrido vários cortes nos últimos anos.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Ler mais

Exclusivos