Prejuízo de 20 milhões nos seguros do Montepio ameaça investimento chinês

Este prejuízo não era esperado pelo grupo Montepio Seguros. A aquisição dos chineses pode estar em risco.

As contas ainda estão em cima da mesa, mas o grupo de seguros do Montepio deve registar uma perda de 20 milhões de euros, no ano de 2017. Se este número se confirmar, os prejuízos são mais do dobro registado no fecho de 2016 e superiores aos esperados dentro do grupo. O jornal Público desta terça-feira avança estes valores de prejuízo do grupo Montepio Seguros, no exercício do ano passado, com as contas ainda a serem analisadas em auditoria externa. Um cenário que coloca dúvidas ao negócio de investimento e compra por parte dos chineses.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Ler mais

Exclusivos

Premium

João Gobern

País com poetas

Há muito para elogiar nos que, sem perspectivas de lucro imediato, de retorno garantido, de negócio fácil, sabem aproveitar - e reciclar - o património acumulado noutras eras. Ora, numa fase em que a Poesia se reergue, muitas vezes por vias "alternativas", de esquecimentos e atropelos, merece inteiro destaque a iniciativa da editora Valentim de Carvalho, que decidiu regressar, em edições "revistas e aumentadas", ao seu magnífico espólio de gravações de poetas. Originalmente, na colecção publicada entre 1959 e 1975, o desafio era grande - cabia aos autores a responsabilidade de dizerem as suas próprias criações, acabando por personalizá-las ainda mais, injectando sangue próprio às palavras que já antes tinham posto ao nosso dispor.