Portugal paga menos de 2% na última emissão de dívida do ano

O Tesouro financiou-se em 1,25 mil milhões de euros a cinco e a dez anos. Valor encaixado é para pagar ao FMI.

Portugal conseguiu fechar o financiamento do ano sem problemas de maior, apesar da instabilidade sofrida pela dívida italiana. O Tesouro financiou-se em 1,25 mil milhões de euros a cinco e a dez anos. Na maturidade mais longa o juro baixou face à última emissão comparável. No prazo mais curto a taxa subiu.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Ler mais

Exclusivos

Premium

Pedro Lains

"Gilets jaunes": se querem a globalização, alguma coisa tem de ser feita

Há muito que existe um problema no mundo ocidental que precisa de uma solução. A globalização e o desenvolvimento dos mercados internacionais trazem benefícios, mas esses benefícios tendem a ser distribuídos de forma desigual. Trata-se de um problema bem identificado, com soluções conhecidas, faltando apenas a vontade política para o enfrentar. Essa vontade está em franco desenvolvimento e esperemos que os recentes acontecimentos em França sejam mais uma contribuição importante.