Portugal interrompe convergência com a Europa outra vez

Último ciclo de divergência durou seis anos, de 2010 a meados de 2016. Situação estava a melhorar, mas agora parou. PIB cresce 2,5%

A convergência real da economia portuguesa com a Europa foi interrompida no terceiro trimestre deste ano. Os 28 países da União Europeia (UE) e a zona euro cresceram, em termos reais homólogos, 2,5% no período de julho a setembro; Portugal, penalizado pela desaceleração das exportações, também cresceu a esse ritmo, pondo fim a quatro trimestres consecutivos (desde o terceiro trimestre de 2016) de expansão acima da média europeia, de acordo com a estimativa rápida do INE. E o pior é que em 2018, a confirmarem-se as previsões de Bruxelas, vai ficar atrás.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Ler mais

Exclusivos

Premium

João Gobern

País com poetas

Há muito para elogiar nos que, sem perspectivas de lucro imediato, de retorno garantido, de negócio fácil, sabem aproveitar - e reciclar - o património acumulado noutras eras. Ora, numa fase em que a Poesia se reergue, muitas vezes por vias "alternativas", de esquecimentos e atropelos, merece inteiro destaque a iniciativa da editora Valentim de Carvalho, que decidiu regressar, em edições "revistas e aumentadas", ao seu magnífico espólio de gravações de poetas. Originalmente, na colecção publicada entre 1959 e 1975, o desafio era grande - cabia aos autores a responsabilidade de dizerem as suas próprias criações, acabando por personalizá-las ainda mais, injectando sangue próprio às palavras que já antes tinham posto ao nosso dispor.