Portugal agenda emissão de dívida para reembolsar FMI

O Tesouro quer obter até 1,25 mil milhões em dívida a cinco e dez anos na próxima quarta-feira. Operação fecha o financiamento do ano.

A Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública anunciou uma nova operação de financiamento para a próxima quarta-feira. A entidade liderada por Cristina Casalinho pretende obter entre 1000 milhões e 1.250 milhões de euros em obrigações a cinco e a dez anos. O motivo da emissão, que deverá fechar o financiamento do ano, é para fazer um novo reembolso antecipado ao Fundo Monetário Internacional.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Ler mais

Exclusivos

Premium

CPLP

Do ciclone às dívidas ocultas: as quatro tragédias de Moçambique

Ciclone Idai, escândalo das dívidas ocultas, conflito com grupos armados no norte e reconciliação lenta e pouco suave entre a Frelimo (no poder) e a Renamo (maior partido da oposição) marcam a realidade de Moçambique, país da CPLP com 29,7 milhões de habitantes que tem eleições gerais marcadas para 15 de outubro.