Pingo Doce quer entregar almoços e jantares em casa

O projeto poderá arrancar a partir da cozinha de Odivelas, de onde saem 80% das refeições servidas diariamente do serviço de pronto a comer.

A Uber Eats, a Glovo e a Sendeat podem ganhar um novo concorrente em Portugal nos próximos meses. O Pingo Doce admite que está a olhar para o negócio da entrega de refeições em casa. Ao contrário dos concorrentes - que dependem de cafés e restaurantes parceiros -, a cadeia de supermercados conta com cozinhas próprias para confecionar os pratos, que depois são entregues nas lojas.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Ler mais

Exclusivos