Novos pedidos de Alojamento Local caíram 60% só em Lisboa

“É problemático criar zonas de contenção sem que a lei defina critérios”, alerta Ana Jacinto, secretária-geral da AHRESP. Novos registos em queda

O Alojamento Local já não é a galinha dos ovos de ouro que muitos sonhavam. “A complexidade e os sucessivos constrangimentos” estão a levar muitos empresários a fecharem a porta dos alojamentos turísticos para apostarem em outros modelos de rentabilização dos imóveis. O arrendamento é agora uma opção. A criação de zonas de contenção por parte das autarquias sem um muro legislativo que limite o que pode e não pode ser feito é mais uma machadada no setor, alerta Ana Jacinto, secretária-geral da AHRESP. Só em Lisboa, o número de Alojamentos Locais caiu 60% no espaço de um ano.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Ler mais

Exclusivos

Premium

Opinião

Os aspirantes a populistas

O medo do populismo é tão grande que, hoje em dia, qualquer frase, ato ou omissão rapidamente são associados a este bicho-papão. E é, de facto, um bicho-papão, mas nem tudo ou todos aqueles a quem chamamos de populistas o são de facto. Pelo menos, na verdadeira aceção da palavra. Na semana em que celebramos 45 anos de democracia em Portugal, talvez seja importante separarmos o trigo do joio. E percebermos que há políticos com quem podemos concordar mais ou menos e outros que não passam de reles cópias dos principais populistas mundiais, que, num fenómeno de mimetismo - e de muito oportunismo -, procuram ocupar um espaço que acreditam estar vago entre o eleitorado português.