Reformas antecipadas vão chegar a duas mil pessoas

O Governo aprovou esta quinta-feira diploma que estende o acesso às reformas antecipadas para quem começou a trabalhar aos 15 ou 16 anos.

Este diploma prevê a possibilidade de as pessoas que começaram a trabalhar aos 15 ou 16 anos e têm 46 anos de descontos acederem à reforma antecipada sem penalizações.

O universo potencial dos beneficiários abrange no máximo duas mil pessoas. As novas regras entram em vigor a 1 de outubro e abrangem as pessoas que nessa data preencham as condições agora aprovadas.

O diploma agora aprovado aplica-se aos funcionários públicos e estende ainda o novo regime aos ex-subscritores da Caixa Geral de Apresentações.

O impacto da nova fase das reformas antecipadas das muito longas carreiras contributivas depende da do número de requerimentos mas o universo potencial de beneficiários oscila entre os mil e os dois mil. O custo da medida ronda os quatro a cinco milhões de euros segundo avançou a secretária de Estado da Segurança Social.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Nuno Artur Silva

Notícias da frente da guerra

Passaram cem anos do fim da Primeira Guerra Mundial. Foi a data do Armistício assinado entre os Aliados e o Império Alemão e do cessar-fogo na Frente Ocidental. As hostilidades continuaram ainda em outras regiões. Duas décadas depois, começava a Segunda Guerra Mundial, "um conflito militar global (...) Marcado por um número significativo de ataques contra civis, incluindo o Holocausto e a única vez em que armas nucleares foram utilizadas em combate, foi o conflito mais letal da história da humanidade, resultando entre 50 e mais de 70 milhões de mortes" (Wikipédia).