Meo "repudia" corte de preços na TDT imposto pela Anacom

Regulador "não prima pela boa fé" acusa a Altice que recusa a ideia de que os preços cobrados às televisões para transmitir na TDT não cumprem a Lei

A Altice Portugal, dona do Meo, "repudia" o corte de 15,16% dos preços cobrados à RTP, SIC e TVI por transmitirem os canais na plataforma de televisão digital terrestre (TDT) determinado pela Anacom. O regulador, acusam, "não prima por boa fé, decidindo comunicar as suas propostas e decisões à opinião pública sem dialogar com os operadores" e falam em "desrespeito e desprezo da Anacom pelo setor".

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Ler mais

Exclusivos