Meo promete não cobrar nem penalizar vitimas dos incêndios

Operadora reage à notícia de que a Meo tinha aplicado uma penalização de 139 euros pelo cancelamento do contrato de uma vítima mortal do incêndio.

A Meo não vai cobrar "nem mensalidades nem penalização" aos herdeiros dos clientes que "faleceram nos incêndios em Pedrógão nem cobrará "assinaturas nem penalização a todos os clientes que viram as suas casas destruídas".

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Ler mais

Exclusivos

Premium

Daniel Deusdado

"Petróleo, não!" Nesta semana já estivemos perto

1. Uma coisa é termos uma vaga ideia de quão estupidamente dependemos dos combustíveis fósseis. Outra, vivê-la em concreto. Obrigado aos grevistas. A memória perdida sobre o "petróleo" voltou. Ficou a nu que temos de fugir dos senhores feudais do Médio Oriente, das oligopolísticas, campanhas energéticas com preços afinados ao milésimo de euro e, finalmente, deste tipo de sindicatos e associações patronais com um poder absolutamente desproporcionado.