Lucros do Goldman Sachs crescem 58% no terceiro trimestre

Apesar dos bons resultados neste terceiro trimestre, nos primeiros nove meses do ano, os lucros ficaram 1% abaixo dos registados há um ano

O banco norte-americano Goldman Sachs anunciou hoje que os seus lucros no terceiro trimestre cresceram 58% face ao período homólogo de 2015 e ficaram em 2,1 mil milhões de dólares (1,91 mil milhões de euros).

O lucro por ação no terceiro trimestre foi de 4,88 dólares (quando tinha sido de 2,90 dólares no terceiro trimestre de 2015) e o volume de negócios atingiu 8,17 mil milhões de dólares, uma subida de 19%.

Os analistas esperavam que o Goldman Sachs tivesse no terceiro trimestre um lucro de 3,82 dólares por ação, tendo o resultado superado as expectativas.

Apesar dos bons resultados neste terceiro trimestre, nos primeiros nove meses do ano, os lucros ficaram 1% abaixo dos registados há um ano.

Entre janeiro e setembro, os lucros do grupo alcançaram 4,93 mil milhões de dólares, quando no mesmo período de 2015 tinham atingido 4,99 mil milhões.

Ler mais

Premium

Rosália Amorim

"Sem emoção não há uma boa relação"

A frase calorosa é do primeiro-ministro António Costa, na visita oficial a Angola. Foi recebido com pompa e circunstância, por oito ministros e pelo governador do banco central e com honras de parada militar. Em África a simbologia desta grande receção foi marcante e é verdadeiramente importante. Angola demonstrou, para dentro e para fora, que Portugal continua a ser um parceiro importante. Ontem, o encontro previsto com João Lourenço foi igualmente simbólico e relevante para o futuro desta aliança estratégica.