Kylie Jenner precisou de dois minutos para se tornar milionária

A revista Forbes destacou-a na capa e diz que a caçula das Kardashian poderá mesmo ultrapassar Mark Zuckerberg

Quem diria que a mais nova das irmãs Kardashian poderia superar Mark Zuckerberg? Pode acontecer, vaticina a Forbes. Kylie Jenner está no caminho para ser a primeira pessoa a tornar-se milionária - por conta própria - antes dos 23 anos, a idade em que o fundador do Facebook ganhou o primeiro milhão. Kylie Jenner faz 21 em agosto - o mês em que a revista Forbes lhe dedica uma capa -, e precisou de apenas dois minutos para fazer fortuna.

Os dois minutos nem sequer foram seguidos. A fortuna aconteceu-lhe, parece. A caçula dos Jenner contou à revista que precisou de parar "um minuto" para ter uma ideia de negócio.

Em novembro de 2015 lançou, timidamente, uma linha de cosméticos: no início era apenas um conjunto de batons, vendidos online, e que custavam 25 euros. Um minuto depois de ter publicitado o pack de maquilhagem, este já tinha esgotado.

Agora, a empresa de cosméticos que criou, a "Kylie Cosmetics", levou-a à capa da Forbes que a descreve como uma das 60 self-made woman mais ricas da América. O seu império vale 770 milhões de euros. Só o ano passado a empresa faturou 250 milhões.

Na capa da revista, Kylie Jenner surge sem decotes, não há pele à vista. É uma Kardashian vestida de forma profissional: cabelo apanhado e um tailleur preto, formal.

Dois minutos, portanto, foi o tempo que precisou para perceber que podia ficar rica. Tinha umas poupanças - 214 mil euros, ganhos com o trabalho de modelo -, e decidiu criar uma empresa.

Kylie tem apenas 20 anos e a sua empresa emprega 500 pessoas. Já não vende só batons, mas também sombras de olhos, iluminadores e bases. As irmãs colaboram no negócio de vez em quando - ela é, agora, a mais rica das Kardashians.

Os 770 milhões de euros que a "miúda" atingiu em apenas três anos, lembra o El País, diz muito sobre a jovem, que vem demonstrar que "esta família - com uma mãe, dois pais, seis filhos e sete netos - é muito mais do que gritos e prantos em prime time".

A Forbes, que lhe dedica ainda uma longa entrevista, refere e reforça: Kylie é a pessoa mais jovem a aparecer no ranking das mulheres mais ricas que fizeram fortuna por elas mesmas, uma lista que a revista publica já há quatro anos.

A culpa é do reality show "Keeping Up With The Kardashians", que trouxe fama à família, mas também do Instagram, onde a empresária tem 111 milhões de seguidores. Foi na plataforma que o negócio arrancou e engordou. Não que agora necessite da rede social - o negócio está mais forte do que nunca.

Ler mais

Exclusivos