Juros aliviam, euro desce e bolsas ganham após decisão do BCE

O banco central vai cortar o ritmo das compras para metade. Mas mantém o programa ativo até pelo menos Setembro do próximo ano.

A dívida dos países da zona euro está a reagir positivamente ao anúncio do BCE de estender o programa de compras, mas a um ritmo mais reduzido. A taxa das obrigações portuguesas a dez anos caiu para um mínimo de 2,77% logo após a decisão do banco central. Esta manhã, os juros implícitos chegaram a negociar acima de 2,30%, segundo dados da Reuters.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Ler mais