Investir em ações foi o que rendeu menos em 2016 e na última década

Taxa de rentabilidade da Bolsa foi negativa. Já quem investiu em obrigações do Tesouro ficou a ganhar, diz a CMVM

Quem investiu no mercado de ações em Portugal na última década apostou no cavalo errado. A Bolsa portuguesa tem vindo a perder "rentabilidade e atratividade". Esta conclusão é da Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) no seu Relatório Anual de 2016.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Ler mais

Exclusivos

Premium

João Almeida Moreira

Bolsonaro, curiosidade ou fúria

Perante um fenómeno que nos pareça ultrajante podemos ter uma de duas atitudes: ficar furiosos ou curiosos. Como a fúria é o menos produtivo dos sentimentos, optemos por experimentar curiosidade pela ascensão de Jair Bolsonaro, o candidato de extrema-direita do PSL em quem um em cada três eleitores brasileiros vota, segundo sondagem de segunda-feira do banco BTG Pactual e do Instituto FSB, apesar do seu passado (e presente) machista, xenófobo e homofóbico.