Imposto sobre refrigerantes aumenta até 1,5% em 2018

Governo planeia agravar o imposto aplicado às bebidas sem álcool adicionadas de açúcar ou de outros edulcorantes

Os refrigerantes vão voltar a ficar mais caros no próximo ano. De acordo com a versão preliminar do Orçamento do Estado para 2018 a que o Dinheiro Vivo teve acesso, o Governo planeia agravar o imposto aplicado às bebidas sem álcool adicionadas de açúcar ou de outros edulcorantes.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Exclusivos