Hackers russos estão a roubar contas no Instagram

Informações de contacto como email, fotografia e número de telefone estão a ser alteradas. Suspeita-se de hackers russos.

Vários utilizadores do Instagram estão a ser vítimas de ataques de hackers nas suas contas pessoais na rede social. De acordo com os relatos, avançados pela Mashable, várias pessoas afirmam que têm ficado sem acesso às suas contas. Depois de se aperceberam que já não tinham o log in efetuado, ao tentar introduzir os dados de acesso, as testemunhas verificaram que várias informações foram modificadas, nomeadamente o número de telemóvel, o nome de utilizador e o email, que está a ser substituído por um email de domínio russo. As fotografias têm também sido também alteradas para imagens de animação da Disney e da Pixar.

Desta forma, tem sido quase impossível aos utilizadores fazerem o pedido de recuperação das suas contas. Segundo o site que avançou a informação, esta situação está a ser denunciada desde o início da semana e há já várias centenas de pessoas a pedirem ajuda à rede social.

Até agora é desconhecido o motivo do ataque. A Mashable revela que a maioria dos utilizadores afetados não tinha ativada a opção de autenticação de dois fatores, que permite que sempre que é iniciada a sessão no Instagram a partir de um dispositivo desconhecido, é solicitada a introdução de um código de segurança recebido através de SMS. Ainda assim, há utilizadores com esta opção ativada que também estão a ser atacados. A rede social adiantou que está a investigar as queixas e a tomar medidas para resolver a situação.

Leia mais em Dinheiro Vivo

Ler mais

Exclusivos

Premium

Opinião

Os irados e o PAN

A TVI fez uma reportagem sobre um grupo de nome IRA, Intervenção e Resgate Animal. Retirados alguns erros na peça, como, por exemplo, tomar por sério um vídeo claramente satírico, mostra-se que estamos perante uma organização de justiceiros. Basta, aliás, ir à página deste grupo - que tem 136 000 seguidores - no Facebook para ter a confirmação inequívoca de que é um grupo de gente que despreza a lei e as instituições democráticas e que decidiu fazer aquilo que acha que é justiça pelas suas próprias mãos.

Premium

Margarida Balseiro Lopes

Falta (transparência) de financiamento na ciência

No início de 2018 foi apresentado em Portugal um relatório da OCDE sobre Ensino Superior e a Ciência. No diagnóstico feito à situação portuguesa conclui-se que é imperativa a necessidade de reformar e reorganizar a Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT), de aumentar a sua capacidade de gestão estratégica e de afastar o risco de captura de financiamento por áreas ou grupos. Quase um ano depois, relativamente a estas medidas que se impunham, o governo nada fez.