Há uma nova profissão com os melhores salários do mercado

É na Inteligência Artificial que reside o futuro. Incentivos monetários não faltam aos que foram desafiados a aplicarem-na no nosso quotidiano

Há cada vez menos vertentes da sociedade contemporânea que não envolvam, parcial ou integralmente, intervenções tecnológicas. Se há uns anos havia empresas desesperadas por encontrar programadores capazes de criar as melhores aplicações do mundo, agora as mesmas empresas estão ainda mais desesperadas por encontrar as pessoas certas para dar o próximo passo.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Ler mais

Exclusivos

Premium

Rosália Amorim

Crédito: teremos aprendido a lição?

Crédito para a habitação, crédito para o carro, crédito para as obras, crédito para as férias, crédito para tudo... Foi assim a vida de muitos portugueses antes da crise, a contrair crédito sobre crédito. Particulares e também os bancos (que facilitaram demais) ficaram com culpas no cartório. A pergunta que vale a pena fazer hoje é se, depois da crise e da intervenção da troika, a realidade terá mudado assim tanto? Parece que não. Hoje não é só o Estado que está sobre-endividado, mas são também os privados, quer as empresas quer os particulares.