Governo já não vai subir TSU nos contratos a prazo

O Governo desistiu de subir a TSU às empresas que recorrem a contratos a termo.

As empresas que mais recorrem aos contratos a prazo já não vão ser penalizadas com o aumento da taxa social única (TSU). O plano inicial do Partido Socialista, de penalizar as empresas que mais alimentam o desemprego, com um aumento da fatura da Segurança Social, não chegou a bom porto.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Ler mais

Exclusivos