Google acusada de pagar menos às mulheres do que aos homens

Apenas 31% do quadro pessoal da empresa tecnológica norte-americana é constituído por mulheres

A Google está a ser acusada pela autoridade norte-americana para as condições de trabalho (DoL, na sigla original) de pagar menos às mulheres do que aos homens em posições iguais. Este é um dos principais indícios encontrados pelo DoL no âmbito de uma investigação à tecnológica norte-americana.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Ler mais

Exclusivos