Funeral de Pedro Queiroz Pereira quarta-feira no Cemitério dos Olivais

O corpo estará em câmara ardente esta terça-feira a partir das 15h00 nas Capelas Exequiais da Basílica da Estrela, em Lisboa

O funeral do empresário Pedro Mendonça de Queiroz Pereira, que morreu no sábado, vai acontecer esta quarta-feira, 22 de agosto, pelas 11h00 no Cemitério dos Olivais, em Lisboa. O sétimo homem mais rico de Portugal era o proprietário da papeleira Navigator, da cimenteira Secil e acionista maioritário do grupo Semapa.

O corpo do empresário estará em câmara ardente esta terça-feira a partir das 15h00, nas Capelas Exéquias da Basílica da Estrela, em Lisboa. Amanhã, 22 de agosto, as exéquias fúnebres começarão às 11h00 no Mosteiro dos Jerónimos. O funeral será no Cemitério dos Olivais, segundo o comunicado da agência funerária Servi Lusa.

Pedro Mendonça Pereira morreu no sábado passado de ataque cardíaco, em Ibiza, Espanha. Tinha 69 anos e era detentor de uma fortuna avaliada em 779 milhões de euros (em conjunto com a mãe), segundo a revista Exame.

Ler mais

Exclusivos

Premium

João Almeida Moreira

Bolsonaro, curiosidade ou fúria

Perante um fenómeno que nos pareça ultrajante podemos ter uma de duas atitudes: ficar furiosos ou curiosos. Como a fúria é o menos produtivo dos sentimentos, optemos por experimentar curiosidade pela ascensão de Jair Bolsonaro, o candidato de extrema-direita do PSL em quem um em cada três eleitores brasileiros vota, segundo sondagem de segunda-feira do banco BTG Pactual e do Instituto FSB, apesar do seu passado (e presente) machista, xenófobo e homofóbico.