Américo Amorim não está tão rico mas tem a maior fortuna de Portugal

Bill Gates mantém-se como o homem mais rico do mundo, apesar de ter perdido alguma da fortuna pessoal

Américo Amorim mantém-se como o único português na lista de 2015 dos 500 mais ricos da revista Forbes, liderada por Bill Gates, o fundador da Microsoft. O empresário que controla a Corticeira Amorim surge na posição 369, a mesma de 2015, mas com uma fortuna pessoal mais baixa, dos quatro mil milhões para os 3,76 mil milhões de euros. O milionário português seguinte só surge quase 500 posições depois. Alexandre Soares dos Santos enriqueceu em 2015, sobretudo graças à performance bolsista da Jerónimo Martins. A fortuna está calculada em 1,9 mil milhões de euros, mais 276 milhões do que em 2014. Soares dos Santos voltou, assim, a trocar de posição com Belmiro de Azevedo. O antigo presidente da Sonae também perdeu 400 milhões de dólares e a sua fortuna pessoal não passa, agora, dos 1,472 mil milhões de euros.

Isabel dos Santos mantém-se como a única representante de Angola na lista da publicação norte-americana. A empresária voltou, no entanto, a perder alguma da sua fortuna e a recuar na lista dos mais ricos. Perdeu 300 milhões de dólares e passou a deter, apenas, três mil milhões de dólares (2,76 mil milhões de euros). A forte descida das cotações do petróleo e o próprio estado da economia angolana poderão ter contribuído para esta situação. Isabel dos Santos admitiu mesmo que "com os preços do petróleo baixos, definitivamente estamos a sentir o aperto", segundo uma entrevista dada no passado fim de semana ao The Wall Street Journal.

Bill Gates, fundador da Microsoft, conservou a liderança do ranking da Forbes, mesmo com a perda de 4,2 mil milhões de dólares da sua fortuna pessoal, para os 75 mil milhões de dólares (69 mil milhões de euros). A principal novidade no pódio vai para Amancio Ortega, que ascendeu ao 2.º lugar. A fortuna do fundador da Inditex, dona da Zara, está avaliada em 67 mil milhões de dólares (62 mil milhões de euros). Warren Buffett manteve a terceira posição. Mark Zuckerberg é o principal destaque na lista de 2015, ao ganhar dez posições. O criador do Facebook ocupa agora o 6.º lugar, com 44,6 mil milhões de dólares de fortuna pessoal (41 mil milhões de euros, mais 10,3 mil milhões do que em 2014).

Ler mais

Exclusivos

Premium

Anselmo Crespo

No PSD não há inocentes

Há coisas na vida que custam a ultrapassar. A morte de alguém que nos é querido. Uma separação que nos parece contranatura. Ou uma adição que nos atirou ao charco e da qual demoramos a recuperar. Ao PSD parece terem acontecido as três coisas em simultâneo: a morte - prematura para os sociais democratas - de um governo, imposta pela esquerda; a separação forçada de Pedro Passos Coelho; e uma adição pelo poder que dá a pior das ressacas em política.