FMI. Portugal tem os custos laborais mais baixos entre países do ajustamento

FMI diz num estudo sobre Grécia, Portugal, Irlanda e Espanha que "declínio foi baseado em salários mais baixos em vez de ganhos de produtividade".

A economia portuguesa tem os custos laborais mais baixos no conjunto dos países que foram submetidos a programas de ajustamento na sequência da crise financeira e da dívida, indica o Fundo Monetário Internacional (FMI). E mesmo com a recuperação iniciada em 2017, Portugal continua a apresentar níveis que, aparentemente, não põem em xeque a competitividade.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Ler mais

Exclusivos