Fisco aperta vigilância às transferências de dinheiro para offshore

O fisco reforçou as obrigações de reporte dos bancos quando estão em causa transferências para os chamados paraísos fiscais.

A próxima declaração de Modelo 38 que os bancos terão de enviar à Autoridade Tributária e Aduaneira terá de incluir não apenas as transferências para offshore de valor unitário igual ou superior a 12.500 euros, mas todos os movimentos que estejam relacionados entre si e que em conjunto superem aquele patamar de valor.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Ler mais

Exclusivos