FESAP espera que governo corrija perda de pontos na base da Administração

A estrutura diz que há "sensibilidade" para não eliminar progressão de salários mais baixos. Se pontos forem deitados fora, sai à rua.

Onde a Frente Comum viu uma posição fechada, a FESAP vê "sensibilidade" para chegar a uma solução. A organização sindical esteve reunida esta tarde com a secretária de Estado da Administração Pública, Fátima Fonseca, e do encontro retirou que o governo ainda poderá encontrar uma solução para que os trabalhadores dos três primeiros escalões da função pública que reúnam créditos para subir não os percam por conta da atualização da tabela remuneratória em 2019. Para a Frente Comum, "foi clarinho" o contrário, na reunião mantida minutos antes com o governo.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Ler mais

Exclusivos