Falha no sistema de gestão de escolas expôs 128 mil utilizadores

Descoberta aconteceu no âmbito da ação social desenvolvida por empresa de cibersegurança que, em 2018, decidiu "varrer" o SIGE para testar segurança.

O Sistema Integrado de Gestão de Escolas (SIGE) teve durante "vários anos" expostos os dados de "128.420 utilizadores devido à falta de mecanismos de autenticação e de autorização", revelou hoje à Lusa um especialista de cibersegurança.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Ler mais

Exclusivos