E se as empresas pedissem desculpa pelos aumentos?

Fabricante de gelados japonês fez anúncio a pedir desculpa por aumento... de 8 cêntimos

As más notícias chegaram no início de março: o fabricante de gelados japonês Akagi Nyugyo decidiu aumentar o preço dos gelados Garigari-kun para 70 ienes (54 cêntimos), uma subida de oito cêntimos. Mas para se penitenciarem pelo primeiro aumento desde 1991, o presidente e os executivos da empresa fizeram um anúncio a pedir desculpa.

Estes sorvetes, que têm sabores como esparguete ou guisado de batatas, foram pensados para ser uma sobremesa acessível para as crianças - atualmente são vendidos mais de quatro mil milhões por ano.

A empresa parece levar a sério o aumento, o primeiro em 25 anos, e fez este anúncio para provar que foi uma decisão pensada - a publicidade passou no dia 1 de Abril, o mesmo dia em que a subida de preço entrou em vigor.

[youtubhe:3rfU3zaoRz8]

"Nós aguentámos durante 25 anos mas... 60?70" - é esta a mensagem.

Várias marcas japonesas anunciaram planos para aumentar preços, correspondendo ao esforço do primeiro-ministro Shinzo Abe que quer evitar a deflação e a estagnação da economia.

Exclusivos